Vivemos, hoje, um momento de profundas transformações nos negócios e na sociedade. Um momento de ruptura com paradigmas existentes. É hora de explorar novos caminhos, frente a mares desconhecidos e turbulentos, para reinventar as organizações e construir um futuro melhor.

A exploração não é algo novo para ser humano - pelo contrário, existe desde nossos primórdios. Seja no período dos descobrimentos e colonizações, nas grandes expedições marítimas ou mesmo na ida ao espaço, encontramos ao longo do tempo diversas histórias de homens com espírito explorador que buscaram desbravar novos horizontes.

Os Explorers se inspiram em tais histórias. Buscamos inspirar pessoas que tenham a coragem e bravura para desafiar o status quo e empreender iniciativas de transformação (expedições), mesmo nas situações mais improváveis.

Propomos que as organizações sejam vistas enquanto embarcações navegando em alto mar. No século passado, vimos o surgimento de embarcações enormes, verdadeiros transatlânticos, construídos para navegar com extrema eficiência e segurança em mares estáveis.

O mundo de hoje, no entanto, desafia tais embarcações a navegar em mares turbulentos. Embarcações que não estiverem preparadas para esse novo contexto estarão condenadas a naufragar e perderão espaço para outras, emergentes. Veremos o surgimento de inúmeros botes (startups), ágeis, flexíveis e com um propósito bem-definido, desafiando embarcações tradicionais e mais robustas.

Sabemos que os exploradores da nova economia encontrarão adversidades como tempestades e frio. Afinal de contas, viveremos um momento de ruptura, e haverá resistência a mudança em todo tipo de embarcação. Mas nem sempre será preciso abandonar o barco; uma característica inerente ao explorador é a persistência.

Sabemos também que nem todos os exploradores serão bem-sucedidos, pois risco é algo inerente a sua atividade. Entretanto, aqueles que superarem os desafios impostos e alcançarem o sucesso receberão honrarias como reconhecimento por sua atuação nas expedições de transformação.